Como monitorar MYSQL/MariaDB com Zabbix

Olá amigos.

Estaremos configurando o Zabbix server para realizar o monitoramento de um servidor de aplicação Linux com o Centos 7 que atualmente está executando uma aplicação WEB no MariaDB.

MariaDB instalado no Centos 7

Preparação do Banco de Dados

Primeiro teremos que executar as querys abaixo no banco para preparação do mesmo para monitoramento:

Conectar no banco de dados:

mysql -u root -p

Criando usuário no banco para o Zabbix poder executar as querys de monitoramento:

create user 'zabbix_admin'@'localhost' IDENTIFIED BY 'Password';

Rodando o comando para conceder os privilégios ao usuário:

GRANT USAGE ON *.* TO 'zabbix_admin'@'localhost' IDENTIFIED BY 'Password';

Atualizando as liberações realizadas:

flush privileges;

Após executado os comandos acima basta aplicar o comando abaixo para desconectar do banco e voltar ao SO. Lembrete, faça a definição da sua senha para o usuario zabbix_admin no campo ‘Password’ informado no Script.

exit

Configurando o Cliente

Lembrete, é necessário ter o Zabbix Agent instalado no servidor .

Para monitorar o MySql / MariaDB nós temos que criar um arquivo chamado userparameter_mysql.conf em /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf.d/

O arquivo conterá as configurações para coletar os dados:

vim /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf.d/userparameter_mysql.conf

Adicione as linhas abaixo dentro do arquivo criado:

# For all the following commands HOME should be set to the directory that has .my.cnf file with password information.
#
# Flexible parameter to grab global variables. On the frontend side, use keys like mysql.status[Com_insert].
# Key syntax is mysql.status[variable].
UserParameter=mysql.status[*],echo "show global status where Variable_name='$1';" | HOME=/etc/zabbix mysql -N | awk '{print $$2}' # My line
#
# Flexible parameter to determine database or table size. On the frontend side, use keys like mysql.size[zabbix,history,data].
# Key syntax is mysql.size[<database>,<table>,<type>].
# Database may be a database name or "all". Default is "all".
# Table may be a table name or "all". Default is "all".
# Type may be "data", "index", "free" or "both". Both is a sum of data and index. Default is "both".
# Database is mandatory if a table is specified. Type may be specified always.
# Returns value in bytes.
# 'sum' on data_length or index_length alone needed when we are getting this information for whole database instead of a single table
UserParameter=mysql.size[*],echo "select sum($(case "$3" in both|"") echo "data_length+index_length";; data|index) echo "$3_length";; free) echo "data_free";; esac)) from information_schema.tables$([[$
#
#Default below
UserParameter=mysql.ping,HOME=/etc/zabbix mysqladmin ping | grep -c alive 
#
#My line
UserParameter=mysql.uptime,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f2 -d ":" | cut -f1 -d "T" | tr -d " "
UserParameter=mysql.threads,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f3 -d ":" | cut -f1 -d "Q" | tr -d " "
UserParameter=mysql.questions,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f4 -d ":"|cut -f1 -d "S" | tr -d " "
UserParameter=mysql.slowqueries,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f5 -d ":" | cut -f1 -d "O" | tr -d " "
UserParameter=mysql.qps,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f9 -d ":" | tr -d " "
UserParameter=mysql.version,mysql -V

Em seguida, precisamos fornecer ao Zabbix as informações de login para nosso novo usuário. Crie um arquivo chamado .my.cnf em /etc/ zabbix/

vim /etc/zabbix/.my.cnf

Adicione as linhas abaixo, lembrando de substituir o password pela senha definida.

#
[mysql]
user=zabbix_admin
password=Password
[mysqladmin]
user=zabbix_admin
password=Password

Reinicie o serviço do agente zabbix usando o seguinte comando:

systemctl restart zabbix-agent

Pronto, até este momento a parte do cliente e agente estão prontas. Agora precisamos preparar o Zabbix Server para monitorar este host.

Configurando o Zabbix Server

É necessário que seja selecionado o template do MYSQL no host monitorado conforme imagem abaixo:

Após a inclusão do template é importante lembrar que a primeira coleta e visão dos dados pode demorar até uma hora dependendo das configurações do ambiente. Abaixo um exemplo da visão do servidor monitorado com a configuração que realizamos

O setup foi simples e creio que seja interessante utilizar nos servidores que possuem banco de dados local .

Qualquer duvida estou a disposição. Abraços

You may also like

2 Comentários

  1. Olá Amigo, fiz exatamente como você no tutorial, e o gráfico não gera nenhum dado,
    Configurei com minha senha no mariadb e coloquei ela no arquivo .my.cnf

    o que pode ser?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *