FLISoL 2019 – Blumenau

Olá amigos.

Este ano tive a oportunidade de palestrar na FLISoL 2019.

A comunidade do Hackerspace Blumenau é muito bacana, além de ter apresentado conteúdos muito interessantes.

Este ano conversamos sobre Zabbix e como automatizar atividades rotineiras, além da redução de Down time nos serviços. A interação do pessoal no evento foi muito boa além da troca de conhecimentos.

Abaixo uma foto do evento:

Estou deixando abaixo o link para download da apresentação que realizei esse ano sobre Zabbix.

Qualquer duvida me coloco a disposição. Abraços

Continue Reading

IBM Systems Technical University 2019

Olá amigos, no ultimo mês tive oportunidade de participar do IBM TechU que me surpreendeu muito com as novas tecnologias. Vou listar abaixo algumas pontos que chamaram a atenção. 


* RedHat e as novas apostas no futuro OpenSource

* Utilização de BlockChain alinhado ao negocio. 

* IA . IBM Whatson 


Em todo o evento os assuntos mais comentados foram estes.
Algumas considerações:


* RedHat e as novas apostas no futuro OpenSourceA IBM comentou sobre sua aquisição da RedHat . Precisavam de um sistema de alta disponibilidade com segurança e resiliência . O RedHat está a nível de atender essas demandas.Em alguns exemplos aonde o processador da IBM comparado com outras marcas tiveram performance 40% maior. Realmente essa diferença deve ser levada em considereçao no momento de aquisição de novas maquinas para Datacenter. Pois você pode investir em um hardware com menos processadores físicos, mas que o processador tenha um numero maior de Ghz e cache na qual traga mais performance para o ambiente alem de redução de licenciamentos que são vinculados a quantidade de processadores.


* Utilização de BlockChain alinhado ao negocio. Outro ponto interessante foi como a IBM junto com varias empresas estão utilizando o BlockChain como “Livro registro”. O exemplo mais utilizado foi o seguinte, imagine uma grande rede de mercado querendo comprovar a procedência dos seus alimentos, nesta situação o produtor registraria as seguintes informações no BlockChain ”data colheita + data do envio + analise da qualidade + foto”após lançado no BlockChain esse registro não pode mais ser apagado, porem a ideia é que ele seja alimentado para gerar todo um histórico sobre o produto. Dando continuidade no exemplo , agora o caminhoneiro recebe o produto registra as seguintes informações ” Origen + Destino + Temperatura de Transporte” . Isso tudo vai auxiliar que o processo seja mais controlado alem de trazer maior segurança para o consumidor.


* IA . IBM Whatson O que falar sobre IA, o IBM Whatson ? Na minha opinião o futuro de IA.Nas situações do evento muitos exemplos foram feitos com IA analisando imagens de pessoas com Câncer de pele ou sem câncer de pele, alem de mostrarem como é feito o treinamento dos algoritmos.A eficiência hoje é muito grande , alem de você por exemplo tirar um raio x, você pode sair com o resultado em minutos sem a intervenção de um medico. Claro que tudo isso tem que ser muito treinado e acompanhado. Mas claro que mostra como o futuro está caminhando para coisas incríveis.


Essas são minhas observações que gostaria de compartilhar com vocês e qualquer duvida estou disponível para conversarmos mais.
Abraços.

Continue Reading

Erro na instalação do Vmware Vspher no IBM System X3650 M2

Olá amigos.

Recentemente me deparei com um erro na instalação do Vmware Vspher em um servidor IBM X3650 M2, conforme imagem abaixo durante o processo de instalação do Vmware acabava ocorrendo um erro e o processo ficava travado em uma tela preta :

Fiz vários testes removendo as placas adicionais do servidor, discos, memórias e revisando processadores. Porem o erro prosseguia.

Porem a solução está na BIOS, é necessário efetuar o procedimento abaixo:

1 – Acessar a BIOS na inicialização do servidor e abrir o menu “System Settings”

2 – Novamente entrar no menu “Legacy Support”

3 – Por ultimo desabilitar a opção : “Force Legacy on Boot”

4 – Agora basta somente salvar as configurações e reiniciar o servidor.

O processo de instalação deve funcionar sem problemas.

Qualquer duvida estou a disposição, abraços.


Continue Reading

Instalando Zabbix Agent no CentOS/RHEL 6 e 7

Olá amigos.

O agente Zabbix concentra as informações locais sobre o dispositivo monitorado para posterior envio ao servidor ou proxy Zabbix (dependendo da configuração). Em caso de falhas (como um disco cheio ou a interrupção de um processo) o servidor Zabbix pode alertar .

Existe inúmeros agentes como (FreeBSD, OpenBSD, Windows, Centos, Debian, openSUSE, Ubuntu, Ipmi, Jmx e SNMP).

Abaixo vamos realizar a simples instalação do Zabbix Agente .

Adicionar repositórios
Vamos executar os comandos abaixo conforme o seu SO para adicionar o Zabbix agente ao repositório

CentOS 6 execute o comando abaixo:

rpm -Uvh http://repo.zabbix.com/zabbix/4.0/rhel/6/x86_64/zabbix-release-4.0-1.el6.noarch.rpm

CentOS 7 execute o comando abaixo:

rpm -Uvh http://repo.zabbix.com/zabbix/4.0/rhel/7/x86_64/zabbix-release-4.0-1.el7.noarch.rpm

Instalando o Zabbix Agente

yum install zabbix-agent

Definindo o arquivo de configuração
Minha sugestão é deletar o arquivo original de configuração e criar um arquivo novo somente com as informações necessárias :

rm /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf

Agora vamos criar o novo arquivo e informar as configurações necessarias:

vim /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf

Adicione as linhas abaixo, lembrando de substituir o endereço do servidor zabbix e o nome do servidor monitorado:

PidFile=/var/run/zabbix/zabbix_agentd.pid
LogFile=/var/log/zabbix/zabbix_agentd.log
LogFileSize=0
DebugLevel=3
Server=IP DO SERVIDOR ZABBIX
StartAgents=5
ServerActive=IP DO SERVIDOR ZABBIX
Hostname=HOSTNAME DA MAQUINA MONITORADA
Timeout=3
Include=/etc/zabbix/zabbix_agentd.d/*.conf

Iniciando o serviço do Zabbix Agent

CentOS 6 execute o comando abaixo para habilitar a inicialização e subir o serviço:

# service zabbix-agent start
# chkconfig zabbix-agent on

CentOS 7 execute o comando abaixo para habilitar a inicialização e subir o serviço:

# systemctl start zabbix-agent
# systemctl enable zabbix-agent

Liberando as portas no iptables

Caso o firewall do servidor esteja habilitado é necessário executar o comando abaixo para liberação da porta de comunicação:

iptables -A INPUT -p tcp -s 192.168.1.100 --dport 10050 -m state --state NEW,ESTABLISHED -j ACCEPT

Lembrando que é necessario subistituir o ip do comando pelo o ip do seu server Zabbix.

Validando a Execução do Agente

Execute o comando abaixo para validar a execução do Zabbix Agent :

systemctl status zabbix-agent

Conforme a imagem abaixo você pode ver que o serviço do Zabbix está rodando.

Bom pessoal o procedimento é simples e qualquer duvida estou a disposição.

Abraços

Continue Reading

Como monitorar MYSQL/MariaDB com Zabbix

Olá amigos.

Estaremos configurando o Zabbix server para realizar o monitoramento de um servidor de aplicação Linux com o Centos 7 que atualmente está executando uma aplicação WEB no MariaDB.

MariaDB instalado no Centos 7

Preparação do Banco de Dados

Primeiro teremos que executar as querys abaixo no banco para preparação do mesmo para monitoramento:

Conectar no banco de dados:

mysql -u root -p

Criando usuário no banco para o Zabbix poder executar as querys de monitoramento:

create user 'zabbix_admin'@'localhost' IDENTIFIED BY 'Password';

Rodando o comando para conceder os privilégios ao usuário:

GRANT USAGE ON *.* TO 'zabbix_admin'@'localhost' IDENTIFIED BY 'Password';

Atualizando as liberações realizadas:

flush privileges;

Após executado os comandos acima basta aplicar o comando abaixo para desconectar do banco e voltar ao SO. Lembrete, faça a definição da sua senha para o usuario zabbix_admin no campo ‘Password’ informado no Script.

exit

Configurando o Cliente

Lembrete, é necessário ter o Zabbix Agent instalado no servidor .

Para monitorar o MySql / MariaDB nós temos que criar um arquivo chamado userparameter_mysql.conf em /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf.d/

O arquivo conterá as configurações para coletar os dados:

vim /etc/zabbix/zabbix_agentd.conf.d/userparameter_mysql.conf

Adicione as linhas abaixo dentro do arquivo criado:

# For all the following commands HOME should be set to the directory that has .my.cnf file with password information.
#
# Flexible parameter to grab global variables. On the frontend side, use keys like mysql.status[Com_insert].
# Key syntax is mysql.status[variable].
UserParameter=mysql.status[*],echo "show global status where Variable_name='$1';" | HOME=/etc/zabbix mysql -N | awk '{print $$2}' # My line
#
# Flexible parameter to determine database or table size. On the frontend side, use keys like mysql.size[zabbix,history,data].
# Key syntax is mysql.size[<database>,<table>,<type>].
# Database may be a database name or "all". Default is "all".
# Table may be a table name or "all". Default is "all".
# Type may be "data", "index", "free" or "both". Both is a sum of data and index. Default is "both".
# Database is mandatory if a table is specified. Type may be specified always.
# Returns value in bytes.
# 'sum' on data_length or index_length alone needed when we are getting this information for whole database instead of a single table
UserParameter=mysql.size[*],echo "select sum($(case "$3" in both|"") echo "data_length+index_length";; data|index) echo "$3_length";; free) echo "data_free";; esac)) from information_schema.tables$([[$
#
#Default below
UserParameter=mysql.ping,HOME=/etc/zabbix mysqladmin ping | grep -c alive 
#
#My line
UserParameter=mysql.uptime,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f2 -d ":" | cut -f1 -d "T" | tr -d " "
UserParameter=mysql.threads,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f3 -d ":" | cut -f1 -d "Q" | tr -d " "
UserParameter=mysql.questions,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f4 -d ":"|cut -f1 -d "S" | tr -d " "
UserParameter=mysql.slowqueries,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f5 -d ":" | cut -f1 -d "O" | tr -d " "
UserParameter=mysql.qps,HOME=/etc/zabbix mysqladmin status | cut -f9 -d ":" | tr -d " "
UserParameter=mysql.version,mysql -V

Em seguida, precisamos fornecer ao Zabbix as informações de login para nosso novo usuário. Crie um arquivo chamado .my.cnf em /etc/ zabbix/

vim /etc/zabbix/.my.cnf

Adicione as linhas abaixo, lembrando de substituir o password pela senha definida.

#
[mysql]
user=zabbix_admin
password=Password
[mysqladmin]
user=zabbix_admin
password=Password

Reinicie o serviço do agente zabbix usando o seguinte comando:

systemctl restart zabbix-agent

Pronto, até este momento a parte do cliente e agente estão prontas. Agora precisamos preparar o Zabbix Server para monitorar este host.

Configurando o Zabbix Server

É necessário que seja selecionado o template do MYSQL no host monitorado conforme imagem abaixo:

Após a inclusão do template é importante lembrar que a primeira coleta e visão dos dados pode demorar até uma hora dependendo das configurações do ambiente. Abaixo um exemplo da visão do servidor monitorado com a configuração que realizamos

O setup foi simples e creio que seja interessante utilizar nos servidores que possuem banco de dados local .

Qualquer duvida estou a disposição. Abraços

Continue Reading